Noticias - Inverno: saiba como ficam as temperaturas em Jaraguá do Sul e região para a estação que começa neste | AD Jaraguá do Sul



AD Jaraguá do Sul




Home » Espiritual - Notícias » Inverno: saiba como ficam as temperaturas em Jaraguá do Sul e região para a estação que começa neste
l
l
l

  Inverno: saiba como ficam as temperaturas em Jaraguá do Sul e região para a estação que começa neste

Inverno: saiba como ficam as temperaturas em Jaraguá do Sul e região para a estação que começa neste

Neste sábado (20), começou oficialmente o inverno no hemisfério sul. A meteorologista da Epagri/Ciram Marilene de Lima comenta que a previsão é de um inverno dentro da normalidade, sem temperaturas extremamente baixas ou altas.

 

As previsões obtidas até o momento foram feitas no fim de maio, quando ocorreu a última reunião mensal dos meteorologistas, por conta disto, alguns detalhes podem ter alteração após o próximo encontro, que será realizado na sexta-feira (26).

 

Marilene explica que estas reuniões são feitas para saber como serão os próximos três meses.

 

"O que tínhamos de prognósticos do mês passado era de que o nosso inverno tende a ficar com chuvas próximas ou abaixo da média, a exceção seria o mês de junho, que foi o que aconteceu", afirma.

 

O inverno deste ano aponta para dias secos, madrugadas frias e chuvas mal distribuídas e pouco volumosas pelo estado. Além disso, não haverá muitos dias consecutivos de baixas temperaturas, conforme Marilene.

 

"Alguns dias podem ter temperaturas até 30 ºC, mas não haverá continuidade também", comenta. Ela acrescenta que as temperaturas variam muito de uma região para a outra.

 

O planalto sul catarinense, por exemplo, é onde há a possibilidade de nevar por ser a região com as condições climáticas mais favoráveis para o fenômeno. Por lá, temperaturas entre 1ºC e -1ºC, fazem com que haja neve.

 

Em Jaraguá do Sul e região as temperaturas não serão extremas. Para julho e agosto, as mínimas médias indicadas até o momento são de 11 ºC e 12 ºC, e as médias máximas são de 21 ºC e 22 ºC.

 

Estiagem deve durar mais
Após um mês relativamente seco, junho teve até agora um volume de chuvas um pouco mais significativo que a média normal.

 

A meteorologista acrescenta que para julho e agosto (conforme as tendências de maio) as chuvas no estado devem ficar abaixo da média, pois são meses que costumam ter um volume menor de chuvas.

 

No fim de setembro, quando termina a estação mais fria do ano, costuma marcar o retorno das chuvas, principalmente na região oeste de Santa Catarina, mas a especialista indica que o baixo nível de chuva de julho e agosto, pode fazer com que setembro também seja comprometido.

 

"Estamos passando por um período de neutralidade, mas já com indicativo e ocorrência de um resfriamento nas águas do pacífico central, o que deve evoluir para a configuração de uma La Niña ali para o final do ano", observa a meteorologista.

 

Por Dielin da Silva - OCP News
Foto Arquivo OCP News




Voltar