Noticias - Uma Mãe Perseverante | AD Jaraguá do Sul



AD Jaraguá do Sul




Home » Espiritual - Notícias » Uma Mãe Perseverante
l
l
l

  Uma Mãe Perseverante

Uma Mãe Perseverante

Minha querida irmã, vamos juntas meditar em um trecho da Palavra de Deus que nos apresenta Jesus em seu ministério com grande e especial atenção com as mulheres. Neste caso em especial, uma mãe.

 

Nesta passagem vamos detalhar o encontro da mulher cananeia com Jesus:

"E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom. E eis que uma mulher cananeia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada. Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós. E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então, chegou ela e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me. Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar o pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos. E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. Então, respondeu Jesus e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé. Seja isso feito para contigo, como tu desejas. E, desde àquela hora, a sua filha ficou sã.” Mt.15:21-28

Quando a mulher clama “Senhor, Filho de Davi”, ela demonstra reconhecer Jesus como o Messias, por isso busca dEle a misericórdia por sua filha. Apesar do silêncio de Jesus, ela persiste e continua a clamar, causando incômodo aos discípulos, que pediram a Jesus que a mandasse embora e se livrasse da presença dela. Mesmo ouvindo de Jesus que ela não era das pessoas para quem Ele era enviado, ela não desanimou, pois sua necessidade e sofrimento eram muito grandes. Ela se achegou e o adorou. Sua adoração  foi intensa, pedindo “socorre-me”. Este é um reconhecimento do poder de Jesus e uma súplica. Aquela mulher demonstrou uma fé extraordinária. Ao ser comparada a cachorrinhos, ela não discutiu, nem se ofendeu quanto ao ter ou não o valor de um cão, contanto que sua filha recebesse de Jesus a benção e a libertação. Até migalhas que viessem de Jesus seriam suficientes para suprir a sua necessidade. Quando Jesus diz a ela: “Ó mulher, grande é a tua fé”, Ele lhe dá o que ela mais almejava. E quando diz: “Seja isso feito para contigo, como tu desejas”, mostra a ela, e a nós também, que o seu poder é tamanho que com uma palavra proferida, Ele expulsou um demônio de uma vida, trazendo libertação à filha daquela mulher e sem dúvida libertação para toda a sua família que sofria com aquele mal.

O enfrentamento dos grandes obstáculos pela mulher cananeia foi impelido pela fé em Jesus e pela necessidade da busca do milagre que ela carecia. A mulher cananeia demonstrou humildade, perseverança, espiritualidade, fé e confiança.

Amada, podemos contar amigos chegados e de confiança em alguns dedos de uma mão. Mas, a mãe pode ser uma amiga sem igual, incomparável; é a que tem um amor incondicional, este amor só perde para o amor de Deus. A mãe é alguém que busca o bem e a felicidade de seus filhos enfrentando obstáculos, dificuldades e faz pelos filhos o que não faria por ela mesma.

Se passarmos a nomear a mulher cananeia de mãe cananeia vamos nos sentir mais próximas desse belo exemplo de mãe. Pois ao buscar Jesus insistentemente, o milagre que a mulher cananeia alcançou trouxe paz e alegria para sua filha, para ela mesma e para toda a sua família.

Minha irmã querida, como mães temos sempre algo para buscar pelos nossos. Porém, em certas ocasiões, essas questões são vitais exigindo de nós muito mais do que poderíamos imaginar. Então, vamos como mães clamar ao Senhor e mesmo que haja o silêncio dEle, vamos persistir. Não desanime mesmo que outros se incomodem e tentem fazê-la parar. E, se parecer que Jesus não quer responder, simplesmente o adore, do fundo de sua alma, adore-o. Ele reconhecerá e dirá à você: “...grande é a tua fé. Seja isso feito para contigo, como tu desejas.”

“O Senhor te abençoe e te guarde; O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Assim porão meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei". Nm 6:24-27.

“O Senhor te ouça no dia da angústia, o nome do Deus de Jacó te proteja. Envie-te socorro desde o seu santuário, e te sustenha desde Sião. Lembre-se de todas as tuas ofertas, e aceite os teus sacrifícios no altar. Conceda-te conforme ao teu coração, e cumpra todo o teu plano.” Sl 20:1-4.

 

Um feliz e abençoado Dia das Mães!

 

Lídia Dantas Costa




Voltar